Ver página do Projeto Click

Novidades da Comissão Global sobre o Futuro do Trabalho

A Comissão Global sobre o Futuro do Trabalho, promovida pela OIT, irá desenvolver a sua intervenção em torno de quatro temas estruturantes na celebração do centésimo aniversário da OIT, que terá lugar em 2019. 

Os temas serão: Trabalho e sociedade; Trabalho Digno para todos; A organização do trabalho e a produção; A governança do trabalho. 

A Comissão irá reunir na sede da OIT, em Genebra, a 15 de maio e 15 de novembro de 2018. 

Acompanhe o trabalho da Comissão aqui

Consulta pública sobre a integração dos desempregados de longa duração no mercado de trabalho

O objetivo da presente consulta é recolher pontos de vista sobre as medidas propostas na Recomendação do Conselho sobre a integração dos desempregados de longa duração no mercado de trabalho (2016/C 67/01) e sobre a sua aplicação, bem como reunir informações com vista a futuras medidas de apoio aos desempregados de longa duração. 

Aceda no link abaixo a toda a informação relevante para a sua participação e apoie a divulgação deste processo participativo e de concretização da cidadania europeia:
 

Projeto Click

Nesta fase intermédia em que se encontra a edição de 2019 do projeto Click, deixamos o nosso efetivo agradecimento pela janela de oportunidade que todos os parceiros proporcionaram, informando que já estão integrados em mercado de trabalho 11 dos 19 participantes. 

 

 

A EAPN Portugal, como um interlocutor privilegiado para as questões da pobreza e da exclusão social, quer a nível nacional, quer a nível europeu, sempre considerou fundamentais para a resolução dos problemas das populações carenciadas as questões da empregabilidade e da inserção sócio profissional destes públicos, numa lógica pluridimensional.

Imbuídos desta missão, em 2001 a EAPN Portugal e o Instituto de Emprego e Formação Profissional, IP assinam um protocolo de cooperação, inicialmente orientado para ações no âmbito do Mercado Social de Emprego (MSE). Em 2007, a emergência de novos contextos de ordem organizacional e estrutural, entre eles a extinção da Comissão do Mercado Social de Emprego, configuram um novo enquadramento, o que obrigou a novas abordagens e à aplicação de novas metodologias de intervenção ao abrigo deste protocolo, centrando significativamente a sua ação em torno do eixo da informação e sensibilização.

Desde a sua celebração, o presente protocolo significa para os seus envolvidos, o desenvolvimento de uma atitude pró-ativa e de proximidade face aos problemas e potencialidades que caracterizam o sistema de emprego, trabalhando em rede com as diferentes instituições desta área e com os públicos afectados pela vulnerabilidade laboral, em todo o território nacional.

A cada novo ano de colaboração, novas dimensões dos problemas em torno da empregabilidade apresentam-se como novos desafios que integramos nos nossos planos de trabalho, sempre num contexto da obtenção de mais coesão social, como pilar fundamental para o crescimento e o emprego.

© 2019, EAPN Portugal / Rede Europeia Anti-Pobreza  ·  Desenvolvido por Bizview